Escritora Martha Medeiros comenta crônica ‘A Duras Penas’

Ao abrir o e-mail na noite da última terça eu quase caí da cadeira:  acabara de receber um e-mail da escritora Martha Medeiros.

Acompanho o trabalho de Martha desde o primeiro ano de faculdade (2015), quando fiz um trabalho sobre cronistas brasileiros para a aula da professora Viviane Bevilaqua. Desde então tenho lido os seus livros e as colunas de jornal, tentando sempre ficar por dentro dos lançamentos. Martha escreve deliciosamente, tem um texto tão irresistível quanto um restinho de massa de bolo. A gente experimenta só uma colher e logo quer devorá-lo todinho de uma vez.

Foi nos bastidores da Unisul TV, após entrevista realizada no último mês, que a jornalista Renata Dal-bó me concedeu uma fatia: o próprio e-mail de Martha. Escrevi uma breve mensagem expressando minha admiração e para minha surpresa:

Escritora Martha Medeiros responde Gean Zanelato.

“Gean! Acabei de assistir sua entrevista com Renata e li seu texto da moça que fugiu num motorhome. Estou encantada com você. Sabe quando você diz que gosta mais da história da autora de Harry Potter do que dos livros dela? Pois então. Você também é um “personagem” incrível, tem carisma, tem talento, tem garra. Eu não sou muito de opinar sobre os textos dos outros (ao menos não atendendo a pedidos), mas saiba que achei a história lírica, uma história que na verdade é um lugar comum mas que você conseguiu imprimir personalidade, deu seu toque autoral. Olha, não tenho previsão de ir a SC agora, ando bem louca de trabalho e compromissos, mas um dia a gente vai se encontrar por aí, tenho certeza. Continua me seguindo no Insta e no Youtube! Foi um prazer te conhecer. Sucesso para seus livros e para sua vida! Beijão, Martha” Escritora Martha Medeiros em e-mail enviado à Gean Zanelato sobre crônica “A Duras Penas”.

 

Martha Mattos Medeiros (Porto Alegre, 20 de agosto de 1961) é uma escritora, aforista e poetisa brasileira. É conhecida como uma das melhores cronistas brasileiras. Entre suas obras mais conhecidas estão “Divã“, “Doidas e Santas” e “Feliz Por Nada“. Seus livros já foram adaptados para o cinema e para o teatro e ultrapassaram a marca de 1 milhão de exemplares vendidos.

23606878

Martha Medeiros e Lília Cabral, atriz que interpretou Mercedes no filme Divã.

A crônica comentada, A Duras Penas, venceu na categoria de ‘Jornalismo Literário ou de Opinião’ do Prêmio Comunisul em novembro de 2017. Leia aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s